Dificuldades em bater metas? Esse post vai te ajudar!

Informações relevantes:

 

Sempre me perguntei o porque de não chegarmos onde queremos mesmo sabendo muitas vezes tanto “o que” e “como” fazer.  

Pesquisei, li livros, assisti vídeos, e aprendi algumas coisas que tem me ajudado a melhorar no quesito de bater metas e escrevi aqui, pois, isso pode te ajudar também, e de fato eu espero mesmo que te ajude. 

Aqui você vai aprender coisas como aprender a produzir a energia necessária para atingirmos objetivos, escrever as metas em um papel, visualizar, entre outras coisas.

–> Fiz questão de compartilhar bastante coisa nesse texto, então ele está grande, sendo assim, sugiro que leia-o com calma <—-

 

Eu desejo a você, leitor, que esse conteúdo tenha um impacto positivo em sua vida. 

 

Boa leitura!

Primeiros pontos que nos atrapalham:

Desorganização

 

No dia a dia temos  dezenas de tarefas para cumprir, sendo assim,  muitas vezes não notamos que não estamos agindo de acordo com nossos objetivos.

 

A falta de tempo geralmente é decorrente de uma falta de organização, em ter horários para realizar determinadas atividades. 

 

Quando não temos um plano organizado para um objetivo, ficamos totalmente a mercê de eventos externos. Claro, fatores externos, inesperados  sempre existirão,  e é exatamente por isso que se torna fundamental nos organizarmos para que possamos controlar o máximo de ações possíveis no decorrer do nosso dia  para que mesmo em dias difíceis  mantermos o planejamento e dando um passo aí frente rumo a nossas metas.

Ter um horário destinado para cada coisa importante pode ser de grande ajuda nesse caso. 

 

Falta de um método eficiente.

 

Eu queria saber isso antes para ser mais humilde e entender a importância de ter mentores, de encontrar pessoas que já trilharam o caminhos das pedras, e que elas me dissessem: “toma! faz isso, desse jeito que dará certo.” 

 

Muitas vezes achamos que já sabemos de tudo e que sermos mentorados é uma bobagem, porém, posso dizer que não é. 

 

Quando temos alguém que já trilhou o caminho das pedras para nos guiar há uma enorme economia de tempo e energia, pois a chance de sucesso aumenta drasticamente.

 

Hoje temos muita informação, e informação desorganizada isso nos deixa perdido. 

Quantos métodos inovadores de estudos para concurso existem hoje?

Quantas dietas para perder muito peso e rápido como nunca antes visto existem por aí?

Qual é a cartada da vez para se ganhar dinheiro online, rápido e sem esforço existem na internet?

Ter um mentor, um profissional que tenha não só um método, mas um método eficaz é essencial para economizarmos tempo e dinheiro, e atingirmos metas, sem ficarmos pedidos ou até mesmo sem desistirmos no meio do caminho.

 

Por que ter metas é importante?

 

Costumo dizer que alguns, repito, alguns, clichês se tornaram clichês por serem verdades para muita gente, e um deles é o

“Se você não sabe para onde quer ir, qualquer lugar serve”, 

 

O que quero dizer com isso é que quando não traçamos metas ficamos a deriva de eventos externos, e sem possibilidade de saber se está indo tudo bem ou se estamos caminhando para o caos.  

 

Uma forma de explicar isso é a visualização.  Você já deve ter ouvido falar sobre isso se já leu algo sobre a Lei da Atração, mas trazendo um pouco para o lado material da coisa a visualização pode ser potencializada. Veja: 

Entre o ponto onde você esta (A) e o ponto que quer chegar (B) existe um caminho, o chamaremos de: processo.

 

 

A———processo——-B 

 

Porém esse processo  até o ponto B não é linear (quem dera se fosse!) 

 

Ter a clareza de onde se quer chegar permite que você torne suas ações diárias coerentes com seus objetivos, retirando aquilo que não é, e foque naquilo que é coerente. Talvez seja por isso que objetivos de longo prazo sejam melhores.

Quando focamos a longo prazo, temos a possibilidade de errar mais, mas também acertar mais. Isso dá a possibilidade de melhorar o que está errado ou tirar fora, focando no que de fato tem dado melhores resultados. 

ESCREVER NOSSAS AS METAS

 

 

106903-ONCZPN-850-300x300

 

Pablo Paucar, em seu livro Mentalidade, menciona o estudo realizado pela Dominican University Of California que comparou que entre pessoas que tinham uma meta clara, as que escreveram a atingiram com muito mais rapidez do que as que somente pensaram sobre ela.

 

POR QUE EU NÃO BATO METAS?

 

preview-300x300

 

Ainda mencionando Pablo Paucar, em seu livro Mentalidade ele fala a respeito da balança mental.

 

Ele ensina que nossa mente é como uma fábrica cuja matéria-prima são as informações, e assim ela regulariza essa informações em importantes ou supérfluas.

COMO FUNCIONA A NOSSA BALANÇA DA MENTE:

 

28507-300x200

 

“Chega uma ideia que é pesada na nossa balança e tem 100 kg, e nós a colocamos numa gaveta com a etiqueta de importante; chega outra ideia, que pesa 1 kg, e nós a colocamos numa gaveta com a etiqueta de menos importante.

O que acontece depois?

Nossa cabeça passa então a direcionar a atenção para aquela gaveta com a etiqueta importante e ignorar todas as outras”.

 

Para ele, sucesso e fracasso são dois extremos do mesmo caminho e ambos requerem dedicação, disciplina e persistência (viu algo em comum com as metas?), a mente não diferencia o que é construtivo ou destrutivo, então a única diferença percebida são os resultados.

 

O que a balança tem em relação as metas é que muitas vezes nossa mente esta desequilibrada, ou dando a importância para coisas pela qual não são coerentes com a nossa meta, por isso muitas vezes não as atingimos.

 

Quantas vezes você quis emagrecer? Mas entre praticar exercícios e elaborar uma dieta sustentável optou pelo sedentarismo ou por lugares em que você não conseguiria cumprir seu plano alimentar.

 

Quantas vezes decidimos que iriamos colocar aquele projeto dos sonhos? Mas deixamos para depois, e depois…

 

Quantas vezes colocamos metas financeiras, mas preferimos o sofá aos livros e cursos.

 

Sabe como eu sei disso né?

SISTEMAS VS METAS: SCOTT ADAMS EM FERRAMENTA DOS TITÃS

 

Scott Adams faz uma grande provocação a respeito de metas no livro  Ferramenta dos Titãs- Tim Ferris. 

 

Ele diz: “ Perdedores tem metas, vencedores tem sistemas”

 

Calma!! eu também achei estranho.

 

Se você leu o livro ou o resumo aqui na desenvolvemente sobre o livro A Única Coisa de Gary Keller, sabe que ele menciona que na verdade que as pessoas que parecem disciplinadas simplesmente tem um sistema de aplicar a disciplina por um determinado período até que aquilo se torne um hábito e depois que o hábito é estabelecido as ações se tornam automáticas.  

 

Ao ler isso eu fiquei impressionado com o quanto isso faz sentido, geralmente nos traçamos metas e não elaboramos um plano ou elaboramos um plano que é impossível de se fazer a longo prazo.

 

Por que não desenvolvermos um sistema simples e coerente com nossos objetivos? Isso é sustentável. 

 

Durante um tempo isso pode demandar esforço, mas com o passar do tempo se tornará um hábito e assim uma rotina automática. 

COMO CRIAR UM SISTEMA

 

 

sistema-300x200

 

Somos seres-humanos condicionáveis,  isto é, quando  fazemos repetidamente, criamos uma associação cerebral.

 

Por exemplo: todos os dias em determinado horário servem café no meu trabalho, é incrível que se um dia a senhora que faz o café falta, todos se sentem estranho ou  falam como seria bom um cafézinho.  

 

Exemplo 2: em uma época da minha vida,  antes de levantar da cama eu via um vídeo da Nike para ter uma motivação para me exercitar logo cedo, há anos eu não faço mais isso, ouço o despertador ao final do vídeo eu fico com vontade de treinar. 

(clique para ver o vídeo)

 

Nosso cérebro trabalha assim, e podemos usar isso a nosso favor. 

 

Vídeos motivacionais são ótimos para você começar algo, use-os até que não precise mais. Ou use para sempre. ( inclusive assista aqui um dos meus favoritos se quiser) 

PRODUZINDO ENERGIA SUFICIENTE PARA BATER METAS:

 

457-300x300

 

Em O Poder da Ação , Paulo Vieira responda uma das perguntas que eu me fiz durante boa parte da minha vida; se sabemos o que queremos, e muitas até mesmo o que devemos fazer, por qual razão não fazemos?  E a resposta para isso fora o Foco comportamental.

 

Foco comportamental, é, segundo Paulo Vieira,  a capacidade de colocar atenção racional concentrada e forte energia emocional em seu objetivo e sua meta. É por meio do foco comportamental que alcançamos mudanças e as conquistas.

COMO PRODUZIR FOCO COMPORTAMENTAL:

 

Para produzirmos o foco comportamental utilizamos 03 canais neurológicos.

 

01) O primeiro é a camunicação em todos os níveis e seus estilos.  As palavras-chave neste momento são: falar, escrever, agir, relacionar.

 

–> Cada vez que falamos sobre as metas estamos produzindo energia. de realização. Toda vez que escrevemos ou agimos estamos produzindo energia de realização. Sempre que nos relacionamos com pessoas que compartilham dos mesmos objetivos estamos produzindo energia de realização.

 

02) O segundo é o pensar, onde o autor faz referência a passagem bíblica de provérbios 23:7 “Assim como tudo pensas, tu és”. Sendo assim devemos ler o máximo possível sobre aquilo que queremos,  ouvir casos de sucesso sobre o assunto, assistir a vídeos, fazer cursos, ou seja, imergir naquilo que queremos. 

 

03) O terceiro é o sentimento, e a maneira mais fácil para produzir sentimentos sobre o objetivos é fazermos vários ensaios mentais, ou seja, nos vermos na direção dos nossos objetivos e realizando nossos sonhos.

 

Nosso cérebro não distingue o que é real do que é imaginado, então imagens mentais que tenham um forte impacto emocional vistas repetidamente, se transformam se programações mentais.

MÉTODO 5W2H

 

Alguns livros tem um poder de transformação incrível, alguns deles são escritos pelo Coach Paulo Vieira, acredito que pela história dele,  foi nos livros dele que eu conheci esse método.

 

Segundo ele, essa ferramenta é utilizada para planejar e colocar em prática as etapas para se atingir uma meta.  Veja como é estabelecido:

  1. What? O que : qual é a ação?
  2. When? Quando: quando a ação será realizada, quais datas e prazos da ação.
  3. Why? Por que: por que foi definida determinada solução, qual a justificativa para ela e não outra ter sido escolhida.
  4. Where? Onde: onde a ação será desenvolvida, qual o local (ou locais) onde ela será colocada em prática.
  5. Who? Quem: quem será o responsável pela ação.
  6. How? Como: como a ação será implantada, quais métodos serão utilizados
  7. Howmuch? Quanto: quanto será gasto, quais são os custos.

 

Bom… no site da febracis você encontra um PDF detalhado para colocar o método em prática. (febracis.com.br/opoderdaacao

Realmente eu não sei poderia colocá-lo aqui, mas se eles pedirem eu retiro.

Folha da produtividade extraordinária. (esse eu posso porque tá liberado na hotmart!) 

REGRA DAS TRÊS AÇÕES

 

No livro Foco na Prática- Paulo Vieira, ele traz exercícios diários com essa “técnica”,  aproveitando eu recomendo que, se você tiver oportunidade leia o box com 4 livros dele, até o momento em que escrevo este post, está R$ 49,00 (4 livros).  

 

O livro foco na prática ele é um plano prático de 60 dias, então basicamente ele não é somente de leitura e sim de preencher. 

 

Mas nós podemos ir mais longe e deixar isso mais fácil, pense nas 03 ações mais simples possíveis, simples a ponto de ser praticamente impossível de não fazê-las. 

CONTÁGIO SOCIAL

 

OB82100-300x200

 

Ficou muito, mas muito mais fácil conquistar alguns objetivos quando entendi isso.

 

Você deve ter ouvido falar a frase diga-me com quem andas, e te direi quem és. Sinceramente eu nunca levei isso a sério até que provei na prática.

 

Robert Cialdini, em Armas da Pesuasão, quando fala a respeito do gatilho mental da afeição, fala que nós temos a tendencia de gostar de pessoas que são semelhantes a nós. Veja o livro é sobre influência, e a afeição é uma delas, ou seja, pessoas que tenhamos afeição influenciarão a nós com mais facilidade e vice-versa. ( leia o resumo do livro aqui)

 

Paulo Vieria, em Fator de Enriquecimento cita Nicholas Chiristakis, professor de Harvard e James Fowler, professor da Universidade da California, em San Diego, que publicaram o livro O Poder das Conexões.

 

Eles provaram que quando entramos em determinado grupo social passamos a nos adequar a ele, ou melhor, vamos nos misturando e nos tornando iguais a ele, assim o contágio social torna as pessoas que participam de uma mesma rede social cada vez mais parecidos em hábitos, comportamentos, valores, crenças e até nos resultados obtidos na vida.

 

Obvio que que você não precisa sair destruindo amizades só por conta disso, basta que comece a passar um pouco de tempo com pessoas que tenham os mesmos objetivos. Sem radicalismos em pessoal.

Contágio social e o perigo das más influências, “filtro” e uma história.

masinfluencias-300x300

Seis rãzinhas estavam a passear pelo bosque, papeando e saltando, foi quando encontraram um balde e se perguntaram: vamos entrar? E foi o que fizeram com toda força. Três caíram dentro e três ficaram penduradas na beirada.

Dentro desse balde não havia água, e sim leite. O leite não permite que as rãzinhas pulem, pois as faz escorregar. Quando três da beirada se deram conta começaram a gritar:

— Vocês vão morres, não adianta nadar, vocês sabem que não vão conseguir sair!—- Disse a primeira Rã.

—- Nossa é verdade, desistam, não tem como sair— disse a segunda

— Não tem como nada no leite. Vocês vão morrer.

A primeira rã e a segunda desistiram com os gritos. No entanto a terceira insistiu, continuou e de tanto insistir o leite talhou, e ela conseguiu a sustentação para pular fora do balde.

A verdade é que a rã era surda, e ela não conseguia ouvir o que as “amigas gritavam”

 

Já decidiu começar algo e comentar com as pessoas? Como já vimos há muita verdade no contágio social. Ainda no Livro Mentalidade, Pablo Paucar traz a história de como ouvir e associar-se a pessoas negativas pode ter um impacto extremamente negativo em seus objetivos.

 

Quando decidi começar a trabalhar com marketing de afiliados, cometi o erro em contar a todas pessoas que eu conhecia e a primeira coisa que pensavam é que eu não queria mais trabalhar… ledo engano.

 

Eu até cheguei a desistir, mas foi quando li o livro Geração de Valor 2 de Flávio Augusto, e nele uma das primeiras dicas do livro era sobre aprender a produzir conteúdo, pois havia muitos jovens empreendendo dessa forma ao redor do mundo.

 

E aqui é que entra o filtro. 

 

Me perguntei: a quem devo ouvir?  A um bilionário que saiu da periferia ou pessoas que sempre tem uma dica ou crítica construtiva, porém, nunca construíram nada?

 

Algumas vezes devemos lembrar dessa rã e sermos surdos para pessoas que não agregam em nada. Minha opinião é nem comentar seus projetos com qualquer pessoa, mas aí vai de cada um.

 

O que isso tem a ver com metas? A resposta é: tudo.

 

Sempre que estabelecemos objetivos, com ele vem algumas renúncias. E quem não tem as mesmas metas e objetivos que você poderá não entender.. as vezes nem é por mal, mas dizem coisas como:

— Ah não vai comer isso, um só não faz mal.

— Isso aí não é para você, exige muita coisa.

— Quem vai passar nesse concurso é quem já estuda há muitos anos,

— O mercado já esta saturado.

 

Conclusão

 

Metas são importantes, mas ter um sistema de hábitos coerentes com elas é tão ou mais importante, nos associarmos a pessoas que tenham o mesmo objetivo ou que já chegaram lá, torna isso tudo mais fácil. Temos o métodos 5W2H para planejar a o processo (caminho, ações e maneira, gastos) e tudo que é necessário para atingir a meta, além da regra das 03 ações simples para que nos mantermos constantes e progressivos.

 

Bibliografia para o post

Mentalidade Pablo Paucar

O Poder da Ação- Paulo Vieira

A Única coisa- Gary Keller

Foco na prática- Paulo Vieira

Ferramente dos Titãs- Tim Ferris

 

 

REOMENDAÇÕES DESENVOLVEMENTE: 

14718-NPQEXU-300x300

 

TREINAMENTO PARA TER SEU PRÓPRIO NEGÓCIO ONLINE

TREINAMENTO O PODER DO FOCO COM PAULO VIEIRA

E se você recebesse nosso conteúdo em primeira mão?


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *